• Site
  • Facebook
  • Twitter
  • Youtube

 

 

 

 

O GRU Airport – Aeroporto Internacional de São Paulo integra o portfólio de negócios do grupo Invepar desde 2012, quando o contrato de concessão entrou em vigência com duração de 20 anos.
 
Atualmente, o aeroporto é a principal porta de entrada de passageiros e de carga do Brasil, sendo o maior hub da América do Sul.
 

Principais destaques

2º aeroporto mais pontual do mundo em 2016
GRU Airport foi considerado o segundo mais pontual do mundo na pesquisa Punctuality League 2016, conduzido pela consultoria britânica OAG, uma das mais prestigiadas do mundo em inteligência de mercado de aviação com performance de pontualidade de voos de 85,28% nas partidas. Além disso, ficou também em segundo luga,r segundo a FligthStats, uma empresa norte-americana de serviços de dados de aviação comercial com desempenho de 80% nas partidas.
 
Melhor aeroporto do país em satisfação do passageiro
O Relatório de Desempenho Operacional dos Aeroportos, realizado pela Secretaria de Aviação Civil (SAC), apontou o GRU Airport como o melhor aeroporto do País na “Satisfação Geral do Passageiro” na categoria acima de 15 milhões de passageiros/ano nos três primeiros trimestres de 2016.
 
A380: Pousos e decolagens da maior aeronave de passageiros do mundo
Em outubro de 2015, a Anac autorizou o aeroporto a operar pousos e decolagens do Airbus A380, a maior aeronave de passageiros em operação no mundo. Para que o A380 pudesse operar em Guarulhos, o aeroporto realizou uma série de investimentos no sistema de pistas e estabeleceu uma rota padronizada de taxiamento. O circuito foi adequado visando garantir a segurança da aeronave, sendo alargadas as pistas de taxiamento A, Q, H e G e o acostamento da Pista 09L/27R, com 7,5 metros de cada lado, totalizando 75 metros de largura. Em março de 2016, a Emirates passou a operar a rota São Paulo – Dubai diariamente com o superjumbo.
 

Modernização para uma melhor experiência do passageiro

Para melhorar a experiência do passageiro, foram realizadas importantes modernizações do GRU Airport, entre as principais:
 
Retrofit do Terminal 2:
O projeto centralizou a área de embarque e raio-X, consolidando a unificação dos antigos terminais 1 e 2. Além disso, a conexão doméstica - internacional passou a ser realizada diretamente pela área restrita; a revitalização do Check-in B, C, D e E; instalação de novas esteiras para despacho das bagagens; e uma nova área de controle de passaporte no embarque.
 
Terminal 3
Entre as principais melhorias realizadas está o Terminal 3, com capacidade inicial para receber 15,5 milhões de passageiros por ano e voltado exclusivamente para voos internacionais. O novo terminal possui uma área de 192 mil m² e pátio com 34 posições de aeronaves, das quais 20 têm pontes de embarque. Além disso, o T3 conta com tecnologias e equipamentos comparáveis aos dos melhores aeroportos do mundo.
 

Estrutura do Aerorporto

Pátios e pistas
Em outubro de 2013, o GRU Airport obteve aprovação da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para operação de mais um pátio de aeronaves, o pátio 9. Com área de 69 mil m², é reservado para aviões de companhias aéreas que operam voos de longa distância, e acrescentou 13 novas posições para estacionamentos de aeronaves classe E (por exemplo, Boeing 777), o equivalente a 20 posições classe C (por exemplo, Airbus A320 ou Boeing 737). Desde que o GRU Airport assumiu a gestão do aeroporto, o número de vagas de aeronaves aumentou de 80 posições concessão para 124.
 
Em 2014 o GRU Airport também foi autorizado a operar uma nova pista de taxiamento, a taxiway PR-A, que possui 2.477 metros de extensão e 60 metros de largura. A pista aumenta consideravelmente a eficiência operacional do aeroporto, na medida em que reduz o tempo de movimentação das aeronaves em solo.
 
Estacionamento
Logo nos primeiros meses de concessão, foi construído o Edifício Garagem com 8 andares, 84 mil metros m² de área construída e capacidade para 2.644 veículos. O GRU Airport passou por uma reformulação das áreas de estacionamento que resultaram na duplicação do número total de vagas: o aeroporto passou de 3,9 mil para 9,2 mil.
 
Maior terminal de cargas da América Latina
GRU Airport se configura como o aeroporto com maior terminal de cargas da América Latina disponibilizando 99 mil m² em sua estrutura armazenamento de cargas. Além disso, possui a maior área de armazenamento frigorífico em aeroportos no país com 26 mil m³ de capacidade.
 
Experiência do passageiro
Com o objetivo de tornar única a experiência do passageiro, GRU Airport possui uma estrutura de nove salas VIP, hotel para conexão de passageiros, a maior loja Duty Free do Brasil, 103 opções de lanchonetes e restaurantes, totalizando 241 estabelecimentos comerciais em toda a estrutura de GRU Airport.
 

Serviços:

  • 241 estabelecimentos comerciais
  • 9,2 mil vagas de estacionamento
  • Banco
  • Caixas Eletrônicos
  • Lotéricas
  • Proteção de bagagem
  • Chaveiro
  • Cabeleireiros
  • Clínica odontológica
  • Espaço infantil
  • Farmácia
  • Wi-Fi
 

Dados Importantes


 

 

Versão para impressão Envie para um amigo Compartilhe RSS